Um Lugar Silencioso

Um Lugar Silencioso é um filme de suspense. É um pretensioso filme de suspense.

Em uma fazenda nos Estados Unidos, uma família do Meio-Oeste é perseguida por uma entidade fantasmagórica assustadora. Para se protegerem, eles devem permanecer em silêncio absoluto, a qualquer custo, pois o perigo é ativado pela percepção do som.

Resultado de imagem para Um Lugar Silencioso

Tirando que fica no meio-oeste e “entidade fantasmagórica assustadora” é mais ou menos isso. 

Sinopses parecem que são feitas por quem não assiste os filmes. O “bicho” malvado está mais para Alien do que para assombração.

Médio

Mas, aos fatos: o enredo é muito bem bolado. O mote é uma ideia muito legal e poderia ter sido mais explorado. A ação demora um pouco para acontecer o que torna o filme, no começo, um pouco cansativo. Entretanto, depois da calmaria, vem a tempestade, com força e alguns sustos, como é “recomendável” ao bom filme de suspense.

O elenco tem a sempre interessante e bonita Emily Blunt, de Sicário, Terra de Ninguém e Mente que Mente. John Krasinski, de 13 Horas: Os Soldados Secretos de Benghazi, tem uma atuação intensa e, com um pouco de exagero, visceral. Vale a pena conferir.

O que deixa a produção menos interessante são questões fora dos quesitos naturais em uma avaliação cinematográfica. Fotografia, sonorização, efeitos, montagem, essas coisas todas, são satisfatórias. O problema, por exemplo, é a falta “noção” em imaginar que o modo de combater os monstros fosse algo tão trivial e não seria usado logo de cara.

Isso, um pequeno detalhe, quase estraga o filme.

Mas, releve e veja.

Está no Telecine.

 


Quer ajudar o Partiu Cinema?


www.000webhost.com